Radis Comunicação e Saúde
Tempo de leitura: 1 - 2 minutos

A campanha de vacinação contra a gripe se esten­derá até 22/5. A meta é atingir cerca de 67,6 milhões de pessoas em todo o país e 90% de cada grupo prioritário. É importante levar a caderneta. Esta vacina não protege contra o novo coronavírus, mas ajuda a distinguir os sintomas da covid-19 com os da gripe comum. A vacinação está acontecendo por eta­pas para garantir a imunização em todos os estados e evitar aglomerações nos postos de saúde distribuídos pelo país. O calendário segue da seguinte forma: ini­ciou em 23/3 somente para idosos a partir de 60 anos e trabalhadores da saúde; em 16/4, começou a ser disponibilizada para doentes crônicos, professores e profissionais das forças de segurança e salvamento; no dia 9/5, será a vez das crianças de seis meses a menores de seis anos, pessoas com 55 anos ou mais, grávidas, mães de até 45 dias após o parto, população indígena e pessoas com deficiência. O dia “D” tem previsão para 9/5 (sábado). A imunização é composta por vírus inati­vado e protege contra os três vírus que circularam no hemisfério sul em 2019: Influenza A (H1N1), Influenza B e Influenza A (H3N2).