Radis Comunicação e Saúde
Tempo de leitura: 1 minuto

Sobre a entrevista com Mirian Béccheri Cortez (Radis 206), é preciso avançar as discussões em torno da chamada “masculinidade tóxica”, criar programas de incentivo a educação e reeducação dos agressores, a fim de mudar essa bagagem cultural patriarcal que nossa sociedade carrega, que tanto maltrata homens e mulheres, e que reproduz cada vez mais violência.

Sandra Cristino Mendes, Rio de Janeiro, RJ