Em cartaz até 21 de janeiro no Espaço Cultural Correios, em Niterói (RJ), a exposição “Faces do refúgio”, organizada pela Agência da ONU para Refugiados (ACNUR), reúne 52 fotografias feitas em diferentes países, como Síria, Sudão do Sul, República Democrática do Congo e Mianmar, registrando histórias de resiliência, violações de direitos humanos e busca de oportunidades por parte de quem vive a realidade do refúgio. Hoje há 68 milhões de pessoas que vivem forçadamente fora dos seus locais de origem devido a guerras, conflitos e perseguições, segundo a ACNUR. No Brasil, o número chega a 10.145 reconhecidos.

Radis195 sumula 9 Radis195 sumula 10

Fotografia: ACNUR.