Fechar menu

Trabalhar demais faz tão mal à saúde quanto fumar. A conclusão é de pesquisadores do Medical Center da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, que monitoraram mais de 8 mil profissionais, e concluíram que trabalhadores sedentários por mais de 13 horas por dia tinham o dobro de chance de morrer prematuramente do que os inativos por 11 horas e meia (a média de jornada entre os entrevistados era de 12 horas). Para os autores, ficar longas horas no trabalho é ameaça similar ao vício em tabaco, como divulgou o jornal britânico The Guardian (18/1). Segundo o estudo, contribuem para o risco as jornadas “flexíveis” e em home office — que dificultam mensurar os momentos de descanso — e o acesso on line à tecnologia, o que faz com que muitos profissionais não “desliguem” do trabalho mesmo em suas folgas.