Fotografia: Divulgação.

Tempo de leitura: 1 minuto

A erradicação da poliomielite no Brasil é um caso de sucesso de ações integradas no setor saúde, que envolveram o reconhecimento da doença e estratégias de vacinação e educação. Essa história é narrada no livro “Poliomielite no Brasil” (Editora Fiocruz), organizado por João Baptista Risi Junior, especialista em vigilância epidemiológica e ex-secretário nacional de Ações Básicas de Saúde do Ministério da Saúde. A doença, que já era conhecida no Brasil desde o início do século 20, só chamou atenção da opinião pública quando as epidemias atingiram as principais cidades do Brasil. Mas foi só a partir dos anos 1980 que as ações de vacinação potencializaram as chances de controle e erradicação da doença, conhecida por sua principal sequela, a “paralisia infantil”.