Tempo de leitura: 1 minuto

O curta-metragem Identidade — O direito à vida transvesti dá voz a pessoas transexuais ou travestis e retrata a invisibilidade social, os direitos negados e as barreiras enfrentadas no cotidiano por mulheres e homens no acesso a garantias constitucionais. Por meio de entrevistas, o curta traz histórias de pessoas trans e ativistas com um olhar sobre a violência, o mercado de trabalho e a família. A produção foi lançada em meio a um trágico cenário em que o Brasil é o país que mais mata travestis e pessoas trans no mundo, enquanto a violência e preconceito estão disseminados de forma aberta ou velada. Com direção e roteiro de Silvia Bessa e codireção e edição de Lula Carneiro, o curta pode ser assistido em: https://bit.ly/3D5Buaw.