Menu

“Se o SUS não existisse, eu não estaria nem aqui para contar a história”, afirma a atriz e modelo Tarcinara Vieira, ao falar sobre o tratamento contra a tuberculose a que teve acesso gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde. O relato é um dos depoimentos que compõem o mais novo documentário do cineasta Silvio Tendler, Saúde tem Cura, produzido pela Caliban Cinema com apoio da Fiocruz e de parceiros com o Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (Cebes). O filme aborda as potências e fragilidades do maior sistema público de saúde do mundo e parte de relatos de profissionais que participaram de sua criação, representantes da sociedade civil, usuários e trabalhadores e trabalhadoras que atuam no seu dia a dia para narrar como o SUS foi essencial para transformar a saúde da população brasileira. Realizado durante a pandemia de covid-19, o documentário mostra como era o Brasil antes do SUS, aborda a luta para a sua criação, encara os desafios da atualidade e traça cenários para o futuro da saúde pública. O ponto de partida são as memórias do próprio documentarista, filho de uma médica que atuou durante toda a vida no serviço público: essa é a inspiração para que Tendler ouça nomes como Margareth Dalcolmo, Paulo Niemeyer e Drauzio Varella e reconstrua o percurso que levou o SUS ser o que é hoje. O filme pode ser assistido aqui: https://bit.ly/39Q1JWE.

Comentários para: O SUS é a cura

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais

RADIS Comunicação e Saúde

Av. Brasil, 4036, sala 513, Manguinhos, Rio de Janeiro/RJ
CEP 21040-361 Telefone (21) 3882-9026 | E-mail radis@ensp.fiocruz.br

Siga-nos nas Redes Sociais

Este website é regido pela Política de Acesso Aberto ao Conhecimento, que busca garantir à sociedade o acesso gratuito, público e aberto ao conteúdo integral de toda obra intelectual produzida pela Fiocruz.

@2022 Radis Comunicação e Saúde.