Menu

Antonio Bispo dos Santos, o Nêgo Bispo, morreu de repente, dia 3 de dezembro, aos 63 anos. Em seu último livro, A Terra Dá, a Terra Quer (Ubu Editora), o intelectual e ativista negro desafia o debate decolonial, compreendido por ele como a depressão do colonialismo, e propõe a contracolonização, um modo de vida ainda não nomeado e que precede a própria colonização. O livro é uma bela oportunidade para entrar em contato com a escrita e o pensamento provocadores de Nêgo Bispo, formado entre os saberes de mestras e mestres do quilombo Saco Curtume, no município de São João do Piauí.

Sem comentários
Comentários para: Nêgo Bispo

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anexar imagens - Apenas PNG, JPG, JPEG e GIF são suportados.