Menu
  1. Internet

A hora e a vez de Lélia González

Quando a filósofa Angela Davis esteve no Brasil em 2019, declarou para um auditório lotado: “Por que vocês precisam buscar referência nos Estados Unidos? Eu acho que aprendo mais com Lélia Gonzalez do que vocês, comigo”. A ativista norte-americana estava se referindo à antropóloga, historiadora e filósofa brasileira, uma das fundadoras do Movimento Negro Unificado (MNU), que só recentemente vem sendo redescoberta. A coletânea “Por um Feminismo Afro-latino-americano” (Zahar) é uma ótima oportunidade para conhecer a autora do célebre ensaio “Racismo e sexismo na cultura brasileira”. Lélia Gonzalez também acaba de ter seu legado reunido no projeto Lélia González vive, uma parceria entre a ONG Nossa Causa e a família da antropóloga, que põe ao alcance da mão entrevistas, palestras e toda a obra da pensadora brasileira. Acesse aqui: https://nossacausa.com/lelia-gonzalez-vive/.

Comentários para: A hora e a vez de Lélia González

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais

RADIS Comunicação e Saúde

Av. Brasil, 4036, sala 513, Manguinhos, Rio de Janeiro/RJ
CEP 21040-361 Telefone (21) 3882-9026 | E-mail radis@ensp.fiocruz.br

Siga-nos nas Redes Sociais

Este website é regido pela Política de Acesso Aberto ao Conhecimento, que busca garantir à sociedade o acesso gratuito, público e aberto ao conteúdo integral de toda obra intelectual produzida pela Fiocruz.

@2022 Radis Comunicação e Saúde.